spot_img
0,00 BRL

Nenhum produto no carrinho.

InícioAlexandre VieiraExercício físico e Diabetes: quais exercícios são recomendados?

Exercício físico e Diabetes: quais exercícios são recomendados?

A prática de exercícios físicos, aliada a atividade física, acompanhada de dieta bem elaborada reduz o perfil diabético, melhora a saúde geral da pessoa, redução da pressão arterial, taxas de colesterol e também de açúcar.

Aptidão física pode ser considerada uma condição corporal na qual o indivíduo possui energia, vitalidade e as habilidades motoras suficientes para realizar as tarefas diárias e participar de atividades recreativas, isso sem excessiva fadiga.

Como ressalta o senso comum, fazer exercícios é bom para a saúde e destaca não estar mais em discussão os benefícios do esporte, mas sim, qual a forma mais correta de praticá-los visando alcançar ou manter a saúde.

Açúcar em excesso circulando na corrente sanguínea é ”venenosa” para todo organismo (células), assim como sua escassez. Por isso, no diabético, existe a necessidade de um monitoramento para evitar, durante a atividade física, estados de hipoglicemia e coma hipoglicêmico (choque insulínico), ou vice-versa, hiperglicemia e conseqüentemente entrar em estado de torpor ou até mesmo em coma diabético, muito menos grave e comum.

O monitoramento deverá ser inicialmente realizado antes, durante e pós atividade física. O horário de utilização de insulina lenta, rápido ou ultra- rápida, cabe à interação médico- educador físico, assim como dosagem, local de aplicação e horário de ingestão de carboidratos.

A prática da atividade física acompanhada de dieta bem elaborada faz reduzir este perfil e com isto, melhorar a saúde geral desta pessoa, redução da pressão arterial, melhora da formula sanguínea, e dentro desta, as taxas de colesterol e açúcar.

Atividades Físicas para Diabéticos

A atividade física possui um grande potencial no tratamento da diabete, sendo:

  • Conscientizar o diabético da importância da prática de exercícios e manter uma vida ativa para promover a saúde;
  • reconhecer e saber avaliar os efeitos das diferentes formas de atividades físicas sobre a glicemia sangüínea de acordo com variáveis como horário, tipo de exercício, volume, intensidade;
  • saber realizar os ajustes alimentares e/ou medicamentosos para manutenção da homeostasia metabólica durante e após as práticas físicas.
  • Tanto a falta quanto o excesso de exercícios podem ser danosos ao organismo, especialmente em se tratando de pessoas com problemas metabólicos, como diabetes.

Lembre-se:

A diabete pode ser evitada e precavida. Na busca por saúde, procure sempre um profissional de educação física qualificado!

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMOS POSTS

Dia do Esportista

00:01:00

Dia Mundial do Idoso